TV Assembleia
De
Até
86 vídeos encontrados
Reforma da Previdência e governo Zema na Assembleia
25:47
Mundo Político
Reforma da Previdência e governo Zema na Assembleia

O deputado Raul Belém, líder do Governo na Assembleia, comenta a reforma da Previdência e a relação do Executivo com o Parlamento. Ele avalia os principais pontos de interesse do governador e a possibilidade de divisão dos projetos da reforma para a votação apenas das novas regras de aposentadoria. O líder analisa o relacionamento do governador Romeu Zema com os deputados e as críticas de que ele não dialoga com os parlamentares. Belém fala como deve ser o trabalho de negociação e convencimento dos deputados para a aprovação da reforma da Previdência dos servidores estaduais. O deputado fala, ainda, sobre o relacionamento com os prefeitos, sobre a possibilidade de adiamento das eleições municipais para novembro e sobre o novo marco legal do saneamento básico.

Marco legal do saneamento básico
25:41
Assembleia Notícia
Marco legal do saneamento básico

O urbanista Roberto Andrés fala sobre o novo marco legal do saneamento básico. Ele faz um histórico do debate a respeito do saneamento no Brasil desde a década de 1950 e apresenta como se deu a formação da infraestrutura atual. Andrés argumenta que já existe um modelo híbrido no Brasil, com empresas estatais com capital privado, e comenta as dificuldades para a universalização do acesso à água e esgoto no país. O urbanista analisa as implicações do aumento da participação do setor privado no setor de saneamento e avalia o processo de reestatização realizado em algumas cidades pelo mundo. Roberto Andrés também explica o papel da agência reguladora do setor e se ela será capaz de garantir a qualidade do serviço que será prestado por empresas privadas.

Paulo Guedes no comando da economia brasileira
29:49
Assembleia Notícia
Paulo Guedes no comando da economia brasileira

"Pergunta lá no Posto Ipiranga". O slogan da revendedora de combustíveis entrou para o imaginário popular como aquele lugar que resolve todos os problemas e sempre possui as respostas certas para qualquer questão. Em 2018, o então deputado e candidato à Presidência Jair Bolsonaro usou o termo para apelidar Paulo Guedes, o economista ultraliberal da Escola de Chicago e o principal fiador do presidenciável junto ao empresariado e ao mercado financeiro. Guedes seria aquele com as respostas para tirar o Brasil da crise econômica e levar o país a um novo patamar de desenvolvimento. Eleito presidente, Bolsonaro fez do Posto Ipiranga o seu superministro da Economia, pasta que unificou a Fazenda a outras da área econômica. Desde a posse, o ministro tenta emplacar uma ampla agenda de reformas e privatização de estatais, mas vê, nesse momento, seu pensamento liberal ser confrontado pela necessidade de mais investimentos estatais por causa da crise provocada pela pandemia de covid-19. A atuação de Paulo Guedes, o Personagem da Semana do Mundo Político, é analisada pelo economista e professor do Cedeplar da UFMG Marco Flávio da Cunha Resende.

Reforma da Previdência dos servidores de Minas Gerais
30:12
Assembleia Notícia
Reforma da Previdência dos servidores de Minas Gerais

O deputado André Quintão analisa a proposta de reforma da Previdência dos servidores de Minas Gerais apresentada pelo governador Romeu Zema. Ele critica várias das mudanças propostas e vê pioras para os servidores públicos. O deputado acha que a Assembleia deve se debruçar agora apenas sobre a mudança das alíquotas e que o governador Romeu Zema deveria tentar a prorrogação do prazo imposto pela portaria do Ministério da Economia. André Quintão acredita que não existe maioria na Assembleia para a aprovação da matéria na forma que o governo enviou e que a pandemia dificulta a análise integral do texto por impedir o contato pessoal entre os deputados e os servidores. O deputado defende a revisão das renúncias fiscais oferecidas a empresas instaladas no estado e rebate o argumento de que a reforma da Previdência promoveria justiça social. Quintão também analisa a atuação do governo mineiro no combate à pandemia de covid-19 em Minas Gerais.

Imagem do Brasil no exterior
30:29
Assembleia Notícia
Imagem do Brasil no exterior

O professor Vladimir Feijó analisa a política exterior do governo Bolsonaro. Ele avalia como a forma com que o governo brasileiro combate a pandemia de covid-19 impacta na nossa relação com outros países. Feijó vê possíveis efeitos negativos para o Brasil no comércio exterior. O professor acredita que o acordo comercial com a União Europeia não irá prosperar e vê os europeus preocupados com o descumprimento de regras ambientais por parte do Brasil. Vladimir Feijó ainda comenta como as medidas adotas pelo governo Bolsonaro interferem na forma como o Brasil é percebido no exterior, nas negociações com parceiros e na possibilidade de investimentos no país.

Reforma da Previdência dos servidores de Minas Gerais
26:02
Assembleia Notícia
Reforma da Previdência dos servidores de Minas Gerais

O deputado Guilherme da Cunha fala sobre a proposta de reforma da Previdência Estadual enviada à Assembleia Legislativa pelo governador Romeu Zema. Ele acredita que é precoce a discussão de fatiamento dos projetos para tramitação no legislativo. O deputado defende o conteúdo presente nos textos apresentados pelo governo estadual e afirma que a reforma é importante para o equilíbrio das contas públicas. Guilherme da Cunha explica a mudança nas alíquotas previdenciárias de acordo com a faixa salarial e comenta o envio e análise da proposta no atual contexto de pandemia de covid-19.

Política econômica do governo Bolsonaro
31:04
Mundo Político
Política econômica do governo Bolsonaro

O economista Frederico Gonzaga Jayme Jr. analisa a política econômica do governo Bolsonaro. Ele avalia as medidas adotadas para tentar reduzir os impactos econômicos da pandemia de Covid-19 no Brasil. O economista comenta os efeitos da adoção da renda básica emergencial e pontua que o valor e o período de pagamento deveriam ser maiores. Jayme Jr. pontua outras atitudes que poderiam ser tomadas para ajudar pequenos e médios empresários e discute a possibilidade de emissão de moeda como estratégia para financiar os custos da crise causada pelo coronavírus. Frederico Jayme Jr. analisa, ainda, atuação do ministro Paulo Guedes até agora e os planos que a equipe econômica pretende colocar em prática.

Bolsonaro e os filhos parlamentares
31:25
Assembleia Notícia
Bolsonaro e os filhos parlamentares

Flávio, Carlos e Eduardo: os três filhos mais velhos de Jair Bolsonaro ocupam lugar de destaque na cena política brasileira. São parlamentares bem votados e homens de extrema confiança do presidente da República. Junto com o pai, os três irmãos possuem declarações e atos observados com atenção pela população. Pela importância ocupada nos rumos do Brasil, a família Bolsonaro foi escolhida a Personagem da Semana do Mundo Político. Quem analisa o papel do clã é o cientista político Alberto Carlos Almeida. Ele avalia a atuação de cada um dos filhos e a mais recente polêmica envolvendo a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Almeida também discute os impactos da influência familiar na forma de Jair Bolsonaro governar.

Mulheres e pandemia
32:12
Assembleia Notícia
Mulheres e pandemia

A cientista política Marlise Matos fala sobre os impactos da pandemia de Covid-19 sobre as mulheres. Ela fala do papel das mulheres na linha de frente de combate à crise e discute como as profissões do cuidado estão ligadas ao feminino e à posição historicamente dada às mulheres. Matos comenta o aumento da violência doméstica contra as mulheres durante a pandemia e a falta de articulação política para reduzir os impactos econômicos e sanitários da crise. A cientista política analisa como a pandemia pode impactar a participação política das mulheres nas eleições municipais deste ano e avalia a atuação positiva de líderes femininas ao redor do mundo no combate à Covid-19.

Aplicação da Lei de Segurança Nacional
36:44
Assembleia Notícia
Aplicação da Lei de Segurança Nacional

O professor José Luiz Borges Horta avalia os limites da Lei de Segurança Nacional e a relação do Supremo Tribunal Federal com o governo Bolsonaro. Ele avalia as críticas do presidente às investigações recentes do STF e da Procuradoria-Geral da República. O professor comenta os impactos da possibilidade de reeleição na lógica do governante conduzir o seu mandato e relaciona esse aspecto com o atual embate entre os Poderes. Borges Horta vê o Supremo ultrapassando vários limites e acredita que o ex-ministro Sergio Moro usou a Polícia Federal politicamente. O professor defende a adoção do sistema parlamentarista de governo como solução para a constante crise política do Brasil. Ele também analisa a adoção da Lei de Segurança Nacional para embasar investigações de atos antidemocráticos.